[ editar artigo]

Microgyms: um segmento promissor e ainda pouco explorado no Brasil

Microgyms: um segmento promissor e ainda pouco explorado no Brasil

Sou um "big fan" dos estúdios de nicho, as chamadas microgyms. Gosto muito do segmento precursor de todas elas, ao menos em tempos modernos, os estúdios de spinning (ou indoor cycling)!

Tem algumas fantásticas, entre as quais, destaco uma que desenvolvemos e projetamos, a Ride State, localizada em polo comercial e de negócios de destaque em São Paulo, no valorizado bairro da Vila Olímpia.

Gosto muito do modelo de experiência do usuário, desde a porta de entrada do recinto até a sua saída final do estúdio. Uma atividade especializada que uma academia generalista também tem, é verdade, mas talvez não ofereça com este mesmo impacto, como em ambientes menores. Eles são cuidadosamente elaborados e produzidos, têm um "environment" único, uma tecnologia que o envolverá naqueles 45 ou 55 próximos minutos e, por fim, o conceito de tribo, de p-e-r-t-e-n-c-e-r.

INOVAÇÃO: "Be out of the box!"

Sim, o CrossFit provou seu valor como negócio e como microgym no Brasil. Pilates idem e em progresso. Yoga nascendo como modelo, não como atividade física.

E aqui, quero falar de inovação, o "out of the box". Outro modelo de microgym que gosto muito são os modelos funcionais. Sim, somente ginástica funcional com estrutura circuitada ou o livre de equipamentos, contando com poucos acessórios necessários ou ainda com o próprio peso do corpo: a calistenia! 

O design deve ser precioso a toda microgym, bem como, a sua iluminação e o projeto mais técnico e detalhado que é o luminotécnico, também a questão de softwares, CRM com o cliente, etc...

NOVOS ESPAÇOS: novo conceito de vendas (PDV)

É possível abrir um espaço bem montado com ou sem equipamentos com um programa de atividade física bem monitorada, bem desenhada por um profissional de educação física de alto gabarito e com larga experiência que transmita esta emoção com um resultado incrível mental e/ou físico ao usuário.

Criar novos nichos de atividades, com novas cores, com novos nomes, com novos conceitos, incluindo formas de recepcionar melhor e mais legal o cliente, de PDVs mais modernos sem fronteiras, se arriscando a novas ideais, novas texturas, novas imagens, nova climatização e novos pisos que ninguém imaginou projetar. 

KETTLEBELL?

Qualquer atividade física hoje é possível converter em uma nova ideia e abrir uma microgym! Tenho acompanhado atividades como o Kettlebell que confesso que pratico um pouco, muito longe do popular "Kettlebell Sport" aonde na Rússia, por exemplo, chega a impressionar e ter um destaque e status-quo um pouco abaixo do levantamento olímpico, que é considerado uma das paixões esportivas nacionais.

As INDIAN CLUBS e GADA (Steel Mace)

Alias, outra sugestão de modelo de microgym que tenho acompanhado são os equipamentos como os "Indian Clubs" e "Gada" (Steel Mace) que são, em especial, um resgate fantástico às práticas bem eficientes, diga-se de passagem, das atividades físicas das culturas antigas, muitas vezes se assemelhando a preparação de soldados no manejo de armas, com ganho de força, resistência e massa muscular, além de excelente desenvolvimento da coordenação motora. 

O Brasil ainda não explorou as microgym de esportes de bolas.

CONCLUSÃO E O QUE NINGUEM PENSOU.

Tudo, simplesmente tudo, é passível e possível em transformar em um projeto rentável e duradouro. Neste modelo de negócio,  as microgyms não necessariamente geram altas receitas e contém muitos desafios que, por vezes, são os investimentos financeiros que devem ser muito bem planejados.

Em geral, é um trabalho de dedicação plena, esforço diário e um controle cirúrgico de cada detalhe. Entretanto, o mercado reserva boas surpresas e ainda há um grande universo nas grandes capitais e cidades brasileiras a ser explorado neste segmento. Eu tenho várias ideias!

 

*Os textos produzidos pelo colaborador não expressam, necessariamente, a opinião dos outros participantes da comunidade, sendo 100% de responsabilidade do autor.

Interação Fitness
Silvio Ary Priszkulnik
Silvio Ary Priszkulnik Seguir

Silvio Priszkulnik, é consultor estrategista em business fitness para clubes, condomínios, academias e estúdios. Bacharel em Direito e Economia, sócio-fundador da Kabbani Arquitetura Fitness, braço da Kabbani Arquitetura e "arquiteto por ofício".

Ler conteúdo completo
Indicados para você