[ editar artigo]

10 erros de gestão para você NÃO cometer na sua empresa

10 erros de gestão para você NÃO cometer na sua empresa

Evite as principais “armadilhas” da gestão empresarial e tenha sucesso mesmo em épocas de crise.

Quando falamos de gestão empresarial, normalmente focamos em boas práticas ou em dicas do que é necessário fazer. Afinal, desejamos que a sua empresa do segmento fitness cresça, se tornando uma marca bem gerenciada e de relevância para o mercado.

Contudo, há o outro lado: o de coisas que não devem ser feitas. Abaixo, confira uma lista do que não fazer e evite erros desnecessários que podem gerar prejuízo ou até mesmo descaracterizar o seu negócio.

 

Erro #1: falta de plano de negócios

Ao pensar em abrir uma academia, estúdio ou box de CrossFit, a vontade de já sair trabalhando (e gerar lucro) é grande. Mas, pular a etapa de plano de negócios é algo grave, pois pode comprometer toda a rentabilidade e o posicionamento da empresa no mercado.

A ausência de um plano de negócios bem elaborado, ou simplesmente o fato de ignorá-lo, representa hoje o fechamento de 60% das micro e pequenas empresas. No Brasil, a cada 100 empresas que abrem, 24 fecham as portas.

Fonte https://www.dci.com.br/economia/falta-de-plano-de-negocios-fecha-60-das-micro-e-pequenas-empresas-1.590055

Posto isso, tire um tempo apenas para planejar. Pense sobre o público-alvo, os serviços e vantagens oferecidos, preços a serem cobrados, logística, localização, formato de atuação entre outros detalhes. Assim, quando as coisas começarem a acontecer, você terá uma chance muito maior de dar certo. E se as dificuldades vierem, você estará embasado para lidar com a situação da melhor maneira possível.

 

Erro #2: misturar os orçamentos

A empresa é sua, sim, mas não é aconselhável misturar os seus gastos pessoais com os profissionais. Caso contrário, é muito provável que você tire dinheiro da companhia para cobrir despesas de casa, afetando todo o planejamento financeiro.

O ideal é que a sua empresa esteja saudável, cobrindo os próprios gastos, para depois gerar lucro e entrar dinheiro na sua carteira. De forma separada e responsável!

E, ter um sistema de gestão para sua empresa, auxilia (e muito) nesta tarefa. Com Tecnofit jogando no seu time, você pode concentrar todo o controle financeiro da empresa em dashboards apresentados de forma clara e simples. O que você ganha com isso? Mais transparência sobre o resultado gerado no negócio.

 

Erro #3: ignorar o capital de giro

Este é outro erro gerado pela falta de planejamento. Não é segredo que empresas demoram para começar a “se pagar” e gerar lucro. Por isso, a falta de capital de giro pode representar um entrave para a boa saúde da empresa. Além de ser algo importante antes da operação do seu estabelecimento, ele deve ser bem administrado durante e depois também.

O que acontece é que à medida que o seu negócio cresce, suas despesas aumentam. Mas isso não quer dizer que as receitas, necessariamente, acompanhem esse crescimento.

Então tenha esse dinheiro guardado para o início do negócio e também para os momentos de crise. Assim, sua empresa não será pega desprevenida e poderá superar eventuais dificuldades.

 

Erro #4: perder o foco

Perder o foco da própria atuação é normal, principalmente em tempos de crise. Um exemplo: por conta dos resultados baixos, a sua academia começa a entregar marmitas, vender roupas e dar conselhos nutricionais, inchando cada vez mais a própria estrutura. O nome técnico para isso é pivotar (uma mudança radical no rumo do negócio), e é importante que você esteja muito ciente do que esse movimento pode representar para a sua empresa.

A musculação ficou em segundo plano e você perdeu alunos, reduzindo seus ganhos fixos para arcar com todos os novos investimentos (que ainda não se pagam). Dessa maneira, uma crise de meses pode durar anos.

Portanto, mantenha o foco de atuação e tenha a certeza de estar atendendo o seu público-alvo de maneira eficiente. Se for para inovar, faça com calma e volte ao passo 1: o planejamento!

 

Erro #5: falta de qualificação

Um erro muito comum, principalmente no segmento fitness, é a falta de contratação de mão de obra qualificada. Em academias, estúdios, escolas e boxes de CrossFit, para dar aula, o profissional necessita do cadastro no Conselho Regional de Educação Física (CREF). Mas a qualificação não termina aí.

O profissional precisa saber se relacionar com os alunos, entender e seguir instruções e, em resumo, contribuir para uma empresa eficiente e lucrativa. Caso contrário, seus alunos perceberão esse problema e, aos poucos, vão abandonando as aulas.

Em breve postaremos no blog algumas dicas e insights sobre contratação de profissionais para o seu negócio fitness em 2018, seja ele qual for. Fiquem ligados! 

 

Erro #6: se perder em um monte de planilhas pesadas

Ter uma variedade de planilhas pode parecer uma boa ideia, mas a verdade é que elas podem trazer alguns problemas com o passar do tempo. Primeiro porque, na rotina de um empreendedor, é praticamente impossível encontrar espaço na rotina para mantê-las atualizadas. Segundo que se você encarar o desafio de atualizá-las diariamente, elas provavelmente já estarão defasadas quando o trabalho for concluído.

A solução para fugir deste erro é ter um sistema de gerenciamento que automatize as tarefas mais pesadas, para que você apenas foque no seu trabalho de gestor: olhar para os dados mais importantes e tomar decisões estratégicas com maiores chances de acertos.

Para isso, você pode contar com o Tecnofit. Clique aqui para fazer o teste grátis por 7 dias!

 

Erro #7: microgerenciar

Microgerenciar é não delegar funções e resolver fazer tudo sozinho. Mesmo tendo funcionários capazes, ao invés de ter uma posição de gerente e distribuir tarefas, você acaba não crendo que seus colaboradores possam dar conta do recado.

Além de elevar seus níveis de estresse por conta do excesso de trabalho, isso tira de você a visão de gestor, ao mesmo tempo em que deixa o seu time descontente e o ambiente ruim. O seu trabalho é organizar a empresa e criar uma atmosfera que favoreça o desenvolvimento do seu pessoal, deixando a parte operacional para os colaboradores.

 

Erro #8: o “nepotismo”

Você é o dono da própria empresa e pode contratar as pessoas que desejar, incluindo membros de sua família. No entanto, evite tratar os parentes com privilégios que não são dados aos outros funcionários. Todos merecem as mesmas condições para desempenhar suas atividades, contribuindo para o crescimento da companhia. Ser conivente com falhas prejudica a qualidade do seu serviço, além de desmotivar o restante da equipe.

 

"Algumas obrigações empresariais precisam estar em dia."

Erro #9: ficar na informalidade

Por vezes, o início de uma empresa é doloroso e cheio de percalços, configurando um cenário tentador para o empresário protelar algumas questões importantes, como o pagamento de impostos e a providência de documentos e declarações. Mas não deixe que isso dure por muito tempo, principalmente se o negócio começou a crescer.

Algumas obrigações empresariais precisam estar em dia. Documentos como o alvará, CNPJ, inscrições estadual e municipal, eSocial (RAIS e CAGED), notas e guias fiscais de recolhimento são fundamentais para o bom andamento da sua empresa.

Falhas assim serão identificadas mais cedo ou mais tarde e você terá que pagar tudo o que foi negligenciado — e com juros.

Esse tipo de multa tem grandes chances de afetar os seus ganhos, e tem um potencial enorme para colocar a empresa em um cenário de crise.

 

Erro #10: ignorar o cliente

Por último, mas não menos importante: não ignore seus clientes. Quando estiver planejando a abertura do negócio, leve em consideração como essas pessoas se comportam no segmento fitness e tenha uma atuação direcionada para esse tipo de consumo.

Algumas soluções de pesquisa, para que você entenda seu target com ainda mais qualidade, estão disponíveis de maneira gratuita. É o caso do Google Docs e Survey Monkey. Use e abuse dessas ferramentas em grupos de Facebook e Whatsapp, por exemplo.

Depois, com os seus negócios em andamento, dê ouvido às críticas e abra canais de comunicação com eles — como redes sociais, telefonemas e até mesmo a caixinha de sugestões. Com isso, você não perde de vista as pessoas que desejam os serviços da sua empresa e mantém um trabalho de fidelização constante.

 

Leia também:

Aprenda a atrair alunos para academia em 5 passos.

O que é CRM e por que ele é importante para o seu negócio.

Ficou com alguma dúvida? Poste um comentário!

Interação Fitness
Tecnofit Tecnologia
Tecnofit Tecnologia Seguir

A Tecnofit é responsável pelo desenvolvimento do software online mais moderno e completo para gestão de negócios do segmento Health & Fitness. Fornece sistema de gestão e aplicativos para o gestor e alunos de todo o Brasil.

Ler matéria completa
Indicados para você