[ editar artigo]

4 PERGUNTAS SOBRE: HÉRNIAS

4 PERGUNTAS SOBRE: HÉRNIAS

Dentro do meu consultório, eu escuto diversas vezes algumas perguntas relacionadas às hérnias, por isso, decidi esclarecer algumas dúvidas gerais que sempre recebo. 

Primeiramente, vamos entender o que é a hérnia:

Ela é a distensão de uma estrutura do organismo (ex.: músculo, intestino, cartilagem do disco intervertebral) através de uma parede ou orifício para além dos seus limites normais. Exemplos comuns de hérnia são: 

  • inguinal,

  • umbilical, 

  • incisional 

  • discal.

Então agora que entendemos o que é, vamos as perguntas: 

  • Toda hérnia se rompe? Em que situações isso costuma acontecer?

Nem toda hérnia se rompe. Hérnias abdominais podem ficar encarceradas ou até estranguladas, ou seja, o conteúdo intestinal que atravessa a parede fica preso, evoluindo eventualmente para isquemia (falta de circulação do sangue e oxigênio). Esta situação grave pode levar à ruptura da alça intestinal. No caso das hérnias de disco da coluna, pode ocorrer o rompimento do anel de cartilagem causando sua extrusão, ou seja, a saída do “recheio” do disco para dentro do canal medular.  

  • Todas as hérnias de disco geram pressão nos nervos? É essa a razão da dor sentida pelo atleta?

As hérnias de disco da coluna podem comprimir as estruturas neurais (medula e raízes nervosas) dependendo do seu tamanho e da sua localização. Quando esta compressão ocorre, há dor na região da hérnia, além de dor pelo trajeto do nervo afetado. Porém nem toda hérnia causa compressão ou mesmo dor. Muitos atletas convivem com uma protrusão discal sem ter qualquer sintoma, podendo treinar seu esporte desde que realize reforço muscular adequado.

  • A dor nos membros inferiores é um sintoma comum das hérnias de disco? Por que isso acontece?

Sim. As hérnias discais lombares (na parte mais baixa da coluna) podem causar dor nos membros inferiores pela compressão, inflamação ou irritação de uma ou mais raízes nervosas que nascem na medula espinhal e vão formar o nervo ciático. Este é o principal nervo dos membros inferiores, sendo responsável pela inervação sensitiva e motora dos seus músculos e articulações. Assim, a hérnia de disco ao entrar em contato com estas estruturas neurais, pode levar a sintomas como dor, formigamento, queimação ou choque na coxa, perna ou pé.

  • A musculação é contraindicada a atletas com hérnia? Quais os exercícios físicos mais indicados?

Toda a atividade que exige emprego de grande força física pode facilitar o aparecimento de hérnias, principalmente em atletas com predisposição. Desta forma, praticantes de musculação e levantamento de peso devem respeitar o ritmo de adaptação do organismo, progredindo gradualmente as cargas, além de priorizar o fortalecimento da musculatura do core (abdominal, pélvica e lombar), a fim de proteger tanto sua parede abdominal quanto sua coluna, diminuindo o risco de apresentar uma hérnia no futuro.

 

O exercício físico é tão importante e seus benefícios são tão amplos que não podemos descartá-los de nossa vida cotidiana. Assim, atletas que tenham hérnia devem procurar orientação médica para que sejam indicados exercícios compatíveis com sua condição física.

Até o próximo texto! 

Abraço. 

Interação Fitness
Antonio Krieger
Antonio Krieger Seguir

Médico ortopedista, especialização em Cirurgia da Coluna e Mestrado em Cirurgia. Atua na área de cirurgia minimamente invasiva e reabilitação de atletas. Praticante de CrossFit há 6 anos, certificado CF L1 e membro da comunidade CrossFit Health.

Ler matéria completa
Indicados para você