[ editar artigo]

Dor no nervo ciático? Causas e sintomas em atletas

Dor no nervo ciático? Causas e sintomas em atletas

Você já deve ter ouvido alguém falar (ou até mesmo já pode ter sentido) uma dor no nervo ciático. Este é um incômodo de várias pessoas e que atinge também atletas. Por isso, vou te contar um pouco sobre a origem e os sintomas.

O que é a dor ciática?

A dor ciática (dor pelo trajeto do nervo ciático) é provocada pela compressão, inflamação ou irritação de uma ou mais raízes nervosas que nascem na medula espinhal e vão formar o nervo ciático. Este é o principal nervo dos membros inferiores, sendo responsável pela inervação sensitiva e motora dos seus músculos e articulações.

O que é o nervo ciático?

O ciático é o mais espesso de todos os nervos do corpo humano – se origina da fusão de várias raízes nervosas que saem da coluna lombar, passando pela região glútea, posterior de coxa até chegar ao joelho, quando se bifurca e segue pela perna até o pé.

Como se manifesta a dor?

A dor ciática pode atingir até cerca de 15% dos atletas e causar muito desconforto. Como o ciático é responsável pela inervação dos membros inferiores, a dor pode ocorrer em vários lugares, como na região glútea, quadril, perna e pé, podendo estar associada a formigamento, dormência, queimação, e até a perda de força e sensibilidade do membro. Em atletas com encurtamento de isquiotibiais, movimentos isolados como flexão do quadril, extensão do joelho e inclinação anterior do tronco podem levar à sobrecarga do nervo ciático, bem como exercícios de agachamento, stiff, good morning, L-sit, toe-to-bar e sit-up, causando essa dor característica nos membros inferiores.

Quais suas causas?

As causas mais comuns da dor ciática incluem problemas na região da coluna lombar: hérnia de disco, degeneração discal, estenose espinhal e espondilolistese. Além disso, outras patologias podem causar a ciática, como síndrome do piriforme e até tumores.

Como diagnosticar?

A melhor maneira de diagnosticar a causa e origem desta dor é por uma avaliação detalhada com médico especialista em coluna, que poderá pedir exames específicos para auxiliar no entendimento da patologia, e oferecer o melhor tratamento para cada caso. Caso você sinta dor ao praticar seu esporte, converse com seu professor e considere agendar uma avaliação médica.

Grande abraço!

Interação Fitness
Antonio Krieger
Antonio Krieger Seguir

Médico ortopedista, especialização em Cirurgia da Coluna e Mestrado em Cirurgia. Atua na área de cirurgia minimamente invasiva e reabilitação de atletas. Praticante de CrossFit há 6 anos, certificado CF L1 e membro da comunidade CrossFit Health.

Ler matéria completa
Indicados para você