[ editar artigo]

Como selecionar os melhores profissionais em 2018

Como selecionar os melhores profissionais em 2018

Uma das melhores atitudes para estabelecer o sucesso de qualquer empresa do ramo Health & Fitness, a médio ou longo prazo, é investir na qualidade do seu quadro de funcionários. A concorrência deste segmento e o acesso à informação por parte de clientes e alunos é muito grande, colocando-os em posição de afirmar o que é um bom profissional ou não. Dessa maneira, as características dos seus colaboradores podem sim ser um critério relevante não só para aquisição de novos alunos, como também para a retenção.

Isso porque, de acordo com o tipo de experiência que os alunos estejam vivenciando dentro da sua academia, estúdio de pilates, crossfit ou quaisquer outros tipos de estabelecimentos fitness, o resultado do feedback pode ser bom ou ruim.  E, nesse cenário, o fiel da balança passa a ser o quão bom é o seu professor, instrutor, personal trainer ou qualquer outro profissional com uma posição semelhante.

É claro que todos os outros funcionários também são muito importantes. Ter recepcionistas que saibam receber e lidar com eventuais problemas de forma agradável e descomplicada é fundamental para fidelizar e reter clientes, por exemplo. Porém, os professores e instrutores são especiais pois estão no que chamamos de “fundo do funil de vendas”.  Isso significa que eles serão o gatilho mais próximo para a retenção dos clientes e conversão das aulas experimentais.

Pensando nisso, elencamos para você algumas dicas de como realizar a melhor seleção possível dos seus colaboradores.

 

Esteja atento aos talentos do mercado!

Você sempre deve estar pensando em contratar. Todo ótimo profissional que você conhece, e que esteja atuando na área do seu negócio, deveria ser visto como uma futura contratação. Mantenha um banco de dados de pessoas que você aprecia e que gostaria de trabalhar algum dia, e encontre maneiras de manter contato.

Fazendo isso, a chance de você preencher a próxima vaga com um colaborador que você realmente deseja é grande, ao invés de contratar um candidato mediano, pressionado pela necessidade e urgência.

 

Pratique o empirismo

Descobrir onde os melhores candidatos estão leva algum tempo. Participe de conferências e encontros, entre nos grupos do Facebook e leia blogs do nicho fitness. Quanto mais tempo você investir conversando e buscando informações de outros instrutores e profissionais fora do seu espaço, mais conhecimento relevante e de valor você terá sobre professores, instrutores e outros funcionários alinhados com o ideal da sua empresa.

 

Conecte-se com os programas de certificação

Muitas das certificações fitness exigem que os instrutores frequentem aulas de maneira continuada, com o objetivo de manter o seu conhecimento atualizado. Construir um relacionamento com um bom programa de certificação proporcionará acesso a profissionais novos e experientes, e que apresentam habilidades e educação adequadas para elevar, satisfatoriamente, o seu negócio.

Uma dessas organização é a própria marca CrossFit, que forma coachs da modalidade e tem avaliações constantes para aumentar o nível de conhecimento desses treinadores em todo o mundo. Outra empresa que vale menção é a Lesmills, que licencia profissionais para ministrarem aulas de Body Combat, Body Ballance e Body Jump, com cursos que vão do nível Inicial ao Avançado.

Para saber mais sobre parcerias com a CrossFit, clique aqui. Para encontrar mais informações sobre a Lesmill, clique aqui.

 

Recompense seus instrutores e professores

Crie uma cultura que recompense seus colaboradores. Como dito antes, são esses “caras” que estão no fundo do funil e mais próximos em manter e converter clientes. Implemente estratégias que tornem seus funcionários mais satisfeitos e, portanto, mais propensos a fazer uma boa propaganda boca-a-boca do estabelecimento e sua, enquanto empregador.

Um exemplo comum e eficiente dessa prática e trabalhar com uma remuneração fixa e comissão por venda fechada, por exemplo. A chave para que essas estratégias funcionem é ajudar os colaboradores a conquistarem as metas e apoiá-los na busca desses objetivos.

Mais uma vez, gerar boca-a-boca positivo sobre o ambiente de trabalho que você oferece ao seu empregado não demanda muitos recursos.

Reconhecer e promover seus colaboradores são um caminho interessante para criar uma equipe feliz. Divulgue-os no blog da sua academia, entreviste-os como especialistas em determinado assunto e promova-os como profissionais de destaque em suas redes sociais.

 

Outra maneira de criar uma cultura positiva dentro da sua empresa está em apoiar, publicamente, seus colaboradores em atividades realizadas fora do seu estabelecimento. Eventos de caridade, corridas, equipes esportivas e passatempos são bons exemplos. Compartilhe essa informação com seus clientes. É essencial mostrar aos seus colaboradores que você os ampara dentro e fora da academia.

 

Qual o profissional ideal?

Seja claro sobre as qualidades que você valoriza em um colaborador. Descrever de maneira correta uma vaga de trabalho pode ser extremamente útil para atrair o candidato ideal. Você precisa estar perfeitamente convicto sobre o que realmente está procurando em um instrutor, professor ou personal trainer.

Tome o profissionalismo como exemplo.

Você pode dizer que o profissionalismo é importante, mas o que esse conceito significa para você? É um profissional que chega cedo para a aula e firma uma relação amigável com cada um dos alunos? É um profissional que está sempre atualizado com as técnicas e equipamentos mais recentes? Ou ainda é a união desses dois perfis? Faça uma lista das qualidades ideais e seja o mais específico possível.

Além disso, definindo suas expectativas pessoais para os colaboradores, existem algumas características universais comuns entre todos os bons profissionais do universo fitness, que incluem:

  • Personalidade extrovertida, acolhedora e divertida

  • Excelente capacidade técnica

  • Excelente comunicação

  • Considera-se um(a) treinador(a), e não apenas um(a) instrutor(a)

 

Faça perguntas que possam ajudá-lo a detectar essas virtudes

Uma vez determinadas quais as qualidades que fazem um profissional ser ideal para o seu time, você deve elaborar a entrevista de uma forma que lhe oriente a descobrir se o candidato possui tais qualidades. Sendo superficial como em "Então, me fale sobre sua experiência anterior" não fornecerá informação sólida para tomar uma decisão de contratação. Vá direto ao ponto, fazendo perguntas semelhantes a estas:

  • Quais as avaliações que você realiza em um novo cliente que quer começar uma dieta?

  • Quão importante é a nutrição para você? Você faz sugestões dietéticas aos clientes?

  • Como você ajuda, simultaneamente, os clientes em diferentes níveis de habilidade física durante uma aula de treino?

  • Conte-me sobre uma situação na qual um cliente estava descontente com seu trabalho. Como você lidou com isso?

  • Imagine que um aluno se desinteresse durante a aula. Como você o mantém motivado?

  • Qual o tipo de treinamento você ofereceria a um cliente que diz que deseja, estritamente, perder peso?

  • Como você aumentaria sua clientela?

  • Por que você se tornou um instrutor fitness?

  • Quais certificações fitness você tem e de quais programas? Por que os escolheu?

 

Leia também:

Gestão empresarial: 14 termos que todo gestor fitness deve conhecer.

Guia Tecnofit para montar seu box de CrossFit.

Ficou com alguma dúvida? Mande pra gente nos comentários!

Até a próxima,

Equipe Tecnofit

Interação Fitness
Tecnofit Tecnologia
Tecnofit Tecnologia Seguir

A Tecnofit é responsável pelo desenvolvimento do software online mais moderno e completo para gestão de negócios do segmento Health & Fitness. Fornece sistema de gestão e aplicativos para o gestor e alunos de todo o Brasil.

Ler matéria completa
Indicados para você