[ editar artigo]

FUJA DO EFEITO PLATÔ!

FUJA DO EFEITO PLATÔ!

Você já teve um(a) cliente que tinha como objetivo o emagrecimento, e mesmo fazendo os treinos de forma correta e mantendo a dieta sempre em dia... nada! Os resultados não chagavam, e ele(a) não saia do lugar.

Isso é muito mais comum do que imaginamos, e é chamado de Efeito Platô. Esse processo está muito associado a perda de peso rápida ou constante, o que faz com que o organismo se readapte rapidamente para ajustar as novas demandas energéticas, desencadeando a termogênese adaptativa

Quando perdemos peso em relação a dieta, exercício físico ou ambos, nosso organismo sofre diferentes alterações hormonais, fisiológicas e bioquímicas, e isso engloba o metabolismo basal (é basicamente o quanto de energia que gastamos ao dia em repouso), que se torna mais baixo, além de estimular o aumento do apetite. Por isso, que uma simples ideia de emagrecimento se torna tão difícil, e algumas pessoas engordam comendo menos. 

Tudo isso ocorre pelo simples fato do organismo estar tentando se adaptar a baixa quantidade de energia ingerida na nova rotina diária,  e que é facilmente ajustável com 3 fatores: 

AUMENTE A MASSA MUSCULAR 

O processo de hipertrofia muscular está relacionado diretamente ao processo de emagrecimento saudável, principalmente por um detalhe pouco explorado: o aumento do metabolismo basal. 

Quando aumentamos o tamanho dos músculos, trazemos um efeito em cadeia sobre vários outros fatores fisiológicos, assim como o aumento do metabolismo de repouso, auxilia na fuga da estagnação do platô.

TREINAMENTOS COM INTENSIDADE

Outra ferramenta muito impactante em relação ao efeito platô, são os treinos com intensidades elevadas, independente da estratégia ou metodologia. Atualmente muitas pesquisas já demonstram o impacto positivo que a intensidade causa no metabolismo de repouso de seus adeptos, por isso podemos utilizar-la como ma estratégia para desviar do efeito platô.

CUIDADO  COM DIETAS MUITO RESTRITIVAS

Um dos gatilhos para ativar o efeito platô é a baixa ingestão de calorias, principalmente por períodos muito longos. Dietas mais adequadas com a realidade do(a) cliente, apresentam uma melhor resposta ao resultado de emagrecimento. 

TENHA UM CORPO HIDRATADO

A desidratação é um problema bem significativo para quem está no efeito platô, pois várias reações metabólicas, fisiológicas e bioquímicas necessitam de um bom estado de hidratação para um funcionamento adequado. 

A falta de hidratação pode prejudicar tanto o crescimento, quando a manutenção da massa muscular, o que também afetará o metabolismo de repouso, potencializando ainda mais o efeito platô.

INVISTA EM UMA BOA NOITE DE SONO

Um repouso de qualidade é fundamental para manutenção da massa muscular, o que impacta diretamente no metabolismo do organismo, além de grande parte do nosso desenvolvimento muscular ocorre no processo do sono R.E.M (Rapid Eye Movement), tornando um importantíssimo para fuga do efeito de estagnação do platô.

É muito bom lembrar que o efeito platô é um processo natural do nosso organismo, e que grande parte dos praticantes de exercício físicos irão passar cedo ou tarde. Mas como você acabou de ler, não é uma tarefa difícil contornar esse problema, desde que você entenda todos os processos.

Gratidão pela leitura, e até o próximo conteúdo! 

 

*Os textos produzidos pelo colaborador não expressam, necessariamente, a opinião dos outros participantes da comunidade, sendo 100% de responsabilidade do autor.


Fonte do gráfico:

Garcia Junior, Jair Rodrigues. OBESIDADE E A NATUREZA PARABÓLICA DA CURVA DE PERDA DE PESO: UM PADRÃO IMPOSITIVO. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento, São Paulo v.7, n.38, p.35-41, Mar/Abr. 2013.

Interação Fitness
Felipe Kutianski
Felipe Kutianski Seguir

Professor de Educação física, pós-graduado em Bioquímica e Hatha yoga. Pioneiro da Calistenia na cidade de Curitiba, onde atuou como coordenador da Mahamudra Brasil, mantendo uma conexão única entre: Corpo, Mente, Espírito e Natureza.

Ler conteúdo completo
Indicados para você