[ editar artigo]

Incontinência Urinária e a saúde da mulher

Incontinência Urinária e a saúde da mulher

Atualmente, estima-se que mais de 50% das mulheres sofrem de IU – Incontinência Urinária. Este problema, que antes afetava a população mais idosa e/ou com sobrepeso, hoje a realidade de muitas mulheres jovens, nulíparas e com IMC normal.

O desequilíbrio do tônus dos músculos do assoalho pélvico, combinado com a ausência de co-ativação (incompetência perineal), causa uma gama enorme de problemas para as mulheres. Dentre elas, a IUE - Incontinência Urinária de Esforço (perda de urina ao tossir, se exercitar), onde é indicado fisioterapia pélvica como tratamento, baseando-se nos exercícios de Kegel, eletroestimulação ou biofeedback para reestabelecer conexões neuromusculares.

Contudo, para potencializar os benefícios, muitos fisioterapeutas estão complementando o tratamento com o Low Pressure Fitness.⠀


Geralmente, pensamos que a causa está no sedentarismo, porém as pesquisas apontam que o aumento do número de mulheres jovens com IU está, exatamente, na prática de atividade física mal orientada. Ou seja, a ausência de um trabalho específico para tonificar os músculos do assoalho pélvico, cuja função é de sustentação dos órgãos extra-peritoniais (bexiga, útero e reto).

Sendo assim, exercícios de alto impacto como crossfit, corrida, step, jump, ou até mesmo exercícios no Pilates e na musculação mal orientados, podem acarretar em um grande aumento da PIA (pressão intra-abdominal).

Como já dito, muitos médicos indicam o fortalecimento dos músculos do assoalho pélvico para tratamento, porém na maioria das vezes, o que a mulher incontinente precisa é de TÔNUS nestes músculos, e não de força. Ou seja , precisa-se de um estado de semi-contração do músculo em repouso, para que este tenha a competência de sustentar os órgãos internos.

Outra competência que estes músculos precisam é a capacidade de co-contração mediante o aumento de pressão intra-abdominal. Isto é, os músculos do assoalho pélvico devem se contrair de maneira INVOLUNTÁRIA toda vez que aumenta-se a pressão interna.


Sendo assim, o LPF é uma excelente ferramenta para melhorar a propriocepção dos músculos perineais, sendo utilizado juntamente com a fisio pélvica para prevenção e tratamento de IUE.

No caso de Incontinência Urinária de Urgência, que é a vontade forte, inadiável  e Noctúria (quando a pessoa urina muito durante a noite), outras ferramentas são necessárias em combinação com o LPF para restabelecer a função Evidências clínicas tem demonstrado que associar o padrão respiratório que o método LPF preconiza (inspirações lentas e profundas seguidas de exalações longas e fase de apnéia expiratória) pode auxiliar no tratamento destas patologias, já que este rítmico respiratório favorece a normalização do SNA.

Apesar de muitos casos serem indicados a cirurgia, atualmente, especialistas estão associando a cirurgia com um trabalho pré e pós operatório com Low Pressure Fitness obtendo resultados cirúrgicos ainda mais expressivos. Evidências clínicas e pesquisas científicas já comprovaram a eficácia do LPF na prevenção e tratamento de IUE, já que o método mostra-se altamente eficaz para tonificar e melhorar a propriocepção dos músculos do assoalho pélvico.

O treinamento sistemático do método regula o tônus basal dos músculos do assoalho pélvico, já que estimulamos as fibras vermelhas (tônicas). Além disso, o LPF promove a ativação do períneo de maneira involuntária (através da aspiração diafragmática). Sendo assim, trata-se de um treinamento neuromiofascial. Com o tônus do assoalho pélvico normalizado e com a sua competência reestabelecida, estes músculos estarão prontos para aguentar qualquer esforço.

 

*Os textos produzidos pelo colaborador não expressam, necessariamente, a opinião dos outros participantes da comunidade, sendo 100% de responsabilidade do autor.

 

Interação Fitness
Luana Franco da Luz Fabiano
Luana Franco da Luz Fabiano Seguir

Fisioterapeuta adepta dos abdominais hipopressivos, certificada internacionalmente pelo método Low Pressure Fitness. Atua também com Pilates e treinamento/reabilitação funcional. Amante dos esportes, incentivadora da saúde e estudante de Nutrição.

Ler conteúdo completo
Indicados para você