[ editar artigo]

Jejum Intermitente e emagrecimento

Jejum Intermitente e emagrecimento

Jejum Intermitente é uma prática milenar realizada em nossa sociedade desde o início dos tempos. Era muito comum para os nossos ancestrais (pois eles não tinham acesso a alimentação de 3 em 3 horas) e é muito realizada até hoje em diversas culturas.

O jejum voltou a ser abordado na atualidade com o foco em perda de gordura corporal, sendo vendido como:  “a solução definitiva para todos os seus problemas”, mas vamos entender o que de fato ele é.

Essa prática nada mais é do que passar um período sem se alimentar. Na realidade, todos nós fazemos jejum no período que estamos dormindo, por exemplo, mas o jejum intermitente focado na perda de gordura deve ter um período em que não nos alimentamos mesmo acordados.  Existem diversos protocolos de jejum intermitente, que podem chegar a 48h, agora qual realizar, depende de uma série de fatores.

Como o jejum funciona?

Pensando de maneira básica, se eu tomo todos os dias café da manhã com: pão, queijo e café com leite e, a partir de um momento, passei a retirar essa refeição, meu corpo não terá mais essa energia provinda da alimentação e utilizará meu estoque de gordura corporal. Ou seja, eu estou diminuindo minha ingestão calórica diária retirando uma refeição do dia e, como consequência, há o emagrecimento.

Mas vale ressaltar que, se essas calorias forem colocadas em outras refeições o jejum será ineficiente para a perda de gordura. 

Orientações importantes de você saber antes de realizar o jejum intermitente:

É importante você estar se alimentando de forma saudável com muitos

  • legumes; 
  • verduras;
  • frutas;
  • boas fontes de proteína;
  • gorduras saudáveis;  
  • carboidratos de qualidade.

Assim você poderá realizá-lo de forma segura e saudáve. Caso contrário, você pode nem conseguir pôr em prática o jejum, por conta da deficiência de nutrientes ou desregulação hormonal.

Comece com os jejuns pequenos de 12horas, para que seu corpo possa ir se habituando e fazendo as alterações necessárias metabolicamente para o jejum se tornar mais fácil.

Exemplo jante até as 20h e tome café as 8 da manhã (12 horas de jejum)

Quando for sair do jejum, evite comer:

  • Massa;
  • Pão; 
  • Pizza; 
  • MUITO arroz;
  • Entre outros. 

Coma da forma mais natural possível, pois comendo muito carboidrato você dará picos de insulina. Este hormônio é responsável por colocar açúcar ou carboidrato para dentro das células. Uma vez que ele esteja alto na corrente sanguínea, esse hormônio irá reduzir a queima de gordura.

Poderá ser ingerido líquidos sem calorias durante o jejum, como café e chás desde que não adoçados.

Não se perde massa muscular com o  jejum, desde que a pessoa consuma a quantidade adequada de proteína para a manutenção de peso. 

É importante ressaltar que a escolha da melhor estratégia de jejum intermitente deve ser orientada por com um especialista (seja endocrinologista, nutrólogo ou nutricionista)

ALERTA: 

Há contraindicações para: Grávidas e lactantes, pessoas com diabetes e usando insulina e pessoas com uso de alguns medicamentos.

Por isso, antes de realizá-lo, consulte um médico de sua confiança. 

Quando realizado da forma correta, o jejum intermitente é SIM, eficiente. 

Grande abraço! 

Interação Fitness
Ler matéria completa
Indicados para você